sexta-feira, 5 de abril de 2013


Alguns pontos turísticos do estado do Paraná

Parque Estadual de Vila Velha 




O Parque Estadual de Vila Velha é um sítio geológico situado no município brasileiro de Ponta Grossa, do qual é a principal atração turística. Está localizado vinte quilômetros ao sudeste do centro da cidade e a cem quilômetros Curitiba, capital do Estado do Paraná. 

O conjunto de formações lembra uma cidade medieval com seus castelos e torres em ruínas, daí o seu nome. A altura média das colunas de pedra e muralhas é de vinte metros e pode chegar a trinta metros ou mais em alguns pontos, em função do terreno acidentado.


Cataratas do Iguaçu

 



A área das Cataratas do Iguaçu (em espanhol: Cataratas del Iguazú) é um conjunto de cerca de 275 quedas de água no Rio Iguaçu (na Bacia hidrográfica do rio Paraná), localizada entre o Parque Nacional do Iguaçu, Paraná, no Brasil 20%, e o Parque Nacional Iguazú em Misiones, na Argentina 80%, fronteira entre os dois países. A área total de ambos os parques nacionais, correspondem a 250 mil hectares de floresta subtropical e é considerada Patrimônio Natural da Humanidade. 



Cânion Guartelá   




Cânion Guartelá é um cânion brasileiro situado no planalto dos Campos Gerais, entre os municípios de Castro e Tibagi, no Paraná. É considerado um dos maiores cânions do mundo, o 6° maior do mundo, e o maior do Brasil. O Cânion do Guartelá é uma garganta retilínea com cerca de 30 km de extensão e desnível máximo de 450 metros. Foi escavado pelo Rio Iapó, que pelo cânion consegue atravessar a Escarpa Devoniana, paredão que separa o Primeiro do Segundo Planalto Paranaense.

Jardim Botânico 



O Jardim Botânico de Curitiba ou Jardim Botânico Francisca Maria Garfunkel Richbieter, presta uma homenagem à urbanista Francisca Maria Garfunkel Rischbieter (uma das pioneiras no trabalho de planejamento urbano da capital paranaense) e é um dos principais pontos turísticos da cidade de Curitiba, capital do estado brasileiro do Paraná. Localiza-se no bairro Jardim Botânico. Em 2007 foi o monumento mais votado numa eleição para escolha das Sete Maravilhas do Brasil, promovido pelo site Mapa-Mundi.

 

Salto São Francisco






O Salto São Francisco é a maior queda d'água da região sul do Brasil, e uma das maiores do país. A queda está localizada numa região de tríplice fronteira entre os municípios de Guarapuava, Prudentópolis e Turvo, no estado do Paraná, dentro da Área de Preservação Ambiental da Serra da Esperança. Na região, pertencente ao município de Guarapuava, foi criado recentemente pela prefeitura o Parque Municipal São Francisco da Esperança, com trilhas para caminhada e vista panorâmica do salto. Possui aproximadamente 196 metros de queda livre, o que equivale a um prédio de 60 andares, onde a água transforma-se em névoa antes de tocar no chão.



Porto de Paranaguá





 O Porto de Paranaguá é um porto brasileiro que está localizado no estado do Paraná, na cidade de Paranaguá. É o maior porto exportador de produtos agrícolas do Brasil, com destaque para a soja em grão e o farelo de soja.


Buraco do Padre  

 

 



A Furna do Buraco do Padre é um dos mais belos atrativos naturais dos Campos Gerais, no estado do Paraná, Sul do Brasil.
Está localizada dentro do Parque Nacional dos Campos Gerais, na borda leste da Bacia do Paraná, a aproximadamente 24 km a leste/sudeste da cidade de Ponta Grossa, distrito de Itaiacoca. É uma furna que ocorre no cruzamento de falhas geológicas e fraturas que cortam as rochas arenosas da Formação Furnas. Estas falhas e fraturas causaram erosão subterrânea do arenito. O acesso ao interior da furna se dá através do leito do Rio Quebra-Pedra, com a ocorrência de uma imponente cascata. Dentro do Buraco do Padre ocorrem notáveis exposições de arenitos da Formação Furnas, com suas típicas estratificações cruzadas e plano-paralelas.

 

 

Estrada da Graciosa




Estrada da Graciosa, como é conhecida a Rodovia PR-410, é uma estrada pertencente ao governo do Paraná que utiliza a antiga rota dos tropeiros em direção ao litoral do Estado, interligando o município de Quatro Barras (Região Metropolitana de Curitiba) às cidades de Antonina e Morretes. 
A estrada atravessa o trecho mais preservado de Mata Atlântica do Brasil, marcado pela mata tropical e pelos belos riachos que nascem na Serra do Mar. Por isso, em 1993, parte do trecho da Serra foi declarada pela UNESCO como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica. Na região, existem dois importantes parques estaduais: o Parque Estadual da Graciosa e o Parque Estadual Roberto Ribas Lange.

 

Ilha do Mel 





A Ilha do Mel é uma ilha brasileira situada na embocadura da Baia de Paranaguá, no estado do Paraná.

A ilha do Mel é um ponto turístico de muita importancia no estado do Paraná. Muitas pessoas consideram que a ilha tem as melhores praias do estado. A ilha, fazendo parte do município de Paranaguá, é administrada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e possui um restrito programa de manejo. Não é permitida a tração animal ou a motor na ilha. Existem muitas áreas onde não é permitida a presença de visitantes. A ilha possui quatro pontos turísticos de destaque: Ao norte a Fortaleza, no centro Nova BrasíliaFarol das Conchas e ao Sul Encantadas. e o Farol das Conchas e ao Sul Encantadas.

 

Usina Hidrelétrica de Itaipu


 

  




A Usina Hidrelétrica de Itaipu (em espanhol: Itaipú, em guarani: Itaipu) é uma usina hidrelétrica binacional localizada no Rio Paraná, na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. Construída por ambos os países no período de 1975 a 1982, Itaipu é, hoje, a maior usina geradora de energia do mundo. O nome Itaipu foi tirada de uma ilha que existia perto do local de construção. No idioma tupi, o termo significa "barulho do rio das pedras", através da junção dos termos itá (pedra), 'y (rio) e pu (barulho)

 

 

Morro dos Perdidos

 
 
O Morro dos Perdidos está situado no município de Guaratuba/PR, a 50 km de Curitiba saindo pela BR 276, sentido Santa Catarina.
O acesso fica logo após a represa do Vossoroca, mas é preciso muita atenção pois encontra-se bem no meio de uma curva. O Morro é um dos pontos mais altos da Serra do Mar. No seu cume é possível ter uma bela visão de 360º graus. Localizado em propriedade particular, é cobrado o valor de R$ 5,00 por pessoa para limpeza do local e dos sanitários. A subida é feita por estrada de Saibro e Pedras com algumas erosões, causadas pela água. Vale a pena conhecer a Cachoeira dos Perdidos, também pelo mesmo acesso, a meio caminho do topo. Lembrando que o local é frio, mesmo no verão, principalmente no cair da tarde. Se for no inverno então, pode levar muito agasalho. A altitude é em torno de 1.500m. A leste do cume pode-se ver a Baía de Guaratuba, ao Norte Curitiba e a represa do Vossoroca, ao Sul observamos Garuva e Joinville. O local é usado para acampamento, por sua belíssima paisagem natural, e sua vista sensacional atrai muitos turistas.